quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Language Assesment

Na segunda-feira passada fizemos nosso language assessment, o teste de proficiência para determinar seu nível para as aulas de inglês para newcomers pagas pelo governo. Esse teste é obrigatório para quem quiser se inscrever em um curso de inglês pago pelo governo, oferecidos em diversas instituições.

Aqui em Toronto a instituição que faz essa avaliação, custeada pelo governo, é a YMCA. Seguindo uma métrica chamada Canadian Language Benchmarks, é um teste de speaking & listening, reading e writing, em que o avaliador atribui um score numa escala de 1 a 8.

Lá mesmo no YMCA já é possível verificar onde há aulas para cada nível, em todas as escolas que oferecem o curso pago pelo governo. Não havia vagas imediatas para a Fabiana nas escolas que pesquisamos (uma delas na nossa esquina), e ela está inscrita numa lista de espera que, segundo a avaliadora, não deve levar mais que 10 dias.

Eu tive score 8, e fui informado de que não há cursos custeados pelo governo para o meu nível. As opções que me apresentaram foram alguns cursos de ELT (Enhanced Language Training) aplicados a determinadas áreas de atuação profissional (área médica, finanças e negócios, engenharia, etc.) para familiarizar com os respectivos vocabulários e jargões. Estive olhando as opções de ELT, e todas elas têm como requisito mínimo para ingresso níveis de proficiência médios (geralmente 5 ou 6), por isso não sei se um curso desses realmente me trará benefícios.

Também perguntei sobre a oferta de cursos de francês para newcomers aqui em Toronto. Infelizmente não há cursos de francês pagos pelo governo em Ontario, embora haja algumas escolas com custo bem acessível.

O interessante é que, como as duas línguas são oficiais no país, para grande partes dos empregos no serviço público (e também muitas oportunidades na iniciativa privada) é necessário fluência em ambas as línguas...

Hoje percebi algo que me causou estranheza, e vou procurar saber mais: de acordo com o site do Centre for Canadian Language Benchmarks, são 12 (e não 8, como mencionado nos papéis da YMCA) os benchmarks para score. Talvez o governo não financie cursos para níveis acima do benchmark 8, e por isso a YMCA nem mencione...

3 comentários:

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

Muito bom o post. Ajudou muito. Minha cunhada que mora numa pequena cidade diz que lá o governo oferece esse tipo de curso também.

E a vida segue...

flavia Cristina disse...

Fico feliz por voces... queria ver as fotos !!!

Victor disse...

Marcio,

É meu primeiro comentário aqui, mas li o blog de vocês inteiro. Estou com a idéia de migrar para o Canadá, no entanto não farei o processo de skilled worker. Estou escrevendo pra manifestar minha alegria por vocês. Só posso imaginar coo deve ser a alegria de ver um sonho se concretizar. Muita felicidade aos dois e nos trombamos pelas esquinas de toronto em breve.