terça-feira, 24 de novembro de 2009

Brigdging Programs

Enquanto a Fabiana segue com suas aulas de inglês, numa imersão total (ninguém fala português lá, e mesmo assim ela já fez amizades), eu estou pesquisando opções de programas e cursos que possam facilitar minha inserção no mercado canadense.

Além de aperfeiçoar meu inglês para o ambiente de trabalho, acho importante aprender sobre a cultura de negócios local, o sistema financeiro e mecanismos de taxação, a infra-estrutura e sistemas produtivos, e também começar a fazer networking que realmente venha a me ser útil na minha atividade profissional.

O governo canadense custeia diversos programas de apoio ao imigrante para inserção no mercado de trabalho. Há realmente uma ampla gama de alternativas, para toda espécie de profissão. E, como diz o ditado, "para cada pé, um sapato". Por isso acho importante conhecer ao máximo as alternativas para escolher aquela que realmente se ajuste ao seu professional background e education credentials.

Alguns programas oferecem aulas de ambientação e preparação de currículos e cover letters, e dicas para entrevistas de emprego. Outros vão mais além, oferecendo cursos adicionais, mentoring (ou seja, um tutor), e até oportunidades de internship (estágio, remunerados ou não, na sua área de formacão) para quebrar a barreira da experiência profissional canadense. Esses programas são conhecidos como "bridging" (numa tradução literal, "fazendo a ponte").

Todo mundo que pesquisa sobre esse tema já ouviu falar sobre o NOW Program e o Career Brigde, por exemplo. O primeiro é um curso de curta duração (3 semanas), e que tem por pré-requisito um employment assessment e action plan to return to work, ou seja, uma espécie de avaliação das suas credenciais e um plano de ação de quais habilidades você precisa desenvolver para estar apto a entrar no mercado de trabalho canadense. O segundo é um dos mais respeitados programas de paid internships para imigrantes, em que grandes empresas contratam temporariamente imigrantes qualificados pela entidade, como uma espécie de "estagiário", com salário não inferior a cerca de CAD$2,300.00

Há, entretanto, um universo de outras opções. No próximo dia 29 de Janeiro, acontecerá a 7ª edição de uma conferência anual voltada a profissionais com formação no estrangeiro, um evento que parece ser bastante interessante. Diversas insituições de apoio a carreira para imigrantes, não só de Toronto mas também outras cidades menores de Ontario, participam do evento. Vale a pena visitar o site do evento e também do instituto que o promove.

Outra coisa que me pareceu interessante é uma comunidade dedicada a networking entre executivos, com encontros periódicos não só em Toronto (e GTA) mas também em Vancouver, chamada Happen.

Nesta semana encontrei também um programa de bridging que me pareceu interessante, oferecido pela York University. Embora seja custeado pelo governo, este tem alguns custos, como uma application fee de CAD$80. Por outro lado, é dirigido a quem já tem nível universitário, e há turmas e programas distintos por área de formação; além do acesso a todos os serviços da universidade. A universidade, além de cumprir um papel "social", ganha ao atrair para seu ambiente profissionais que podem se tornar seus alunos em diversos cursos de educação continuada.

Se alguém que já teve acesso a qualquer desses (ou ainda outros) programas puder compartilhar sua experiência, por favor deixe um comment.

4 comentários:

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

Muito bom ver que há muitas opções. Agora é pesquisar qual delas será a melhor no nosso caso.

E a vida segue...

jefersonferrao disse...

Oi Fa e Marcio,que legal ver voces animados com a nova vida.Tomara que esteja gostando das suas aulas de ingles,aproveita muito.Saudades da amiga,Pati

disse...

Nossa!!! Nem tinha visto q. vcs. já estavam aí. Q. delícia!!! Parabéns e tudo de bom para vcs.

Pedro disse...

Eu fiz o NOW (recomendo) e hoje sou estagiario na OLG atraves do Career Bridge, estou gostando bastante.

Boa sorte!