domingo, 8 de julho de 2007

Imigração x Carreira

Infelizmente não tenho conseguido ler tantos blogs quanto gostaria de brasileiros que imigraram (ou como nós, estão a caminho) para o Canadá.

De qualquer forma, em muitos daqueles que consegui visitar, vi alguns posts frisando que o candidato a imigrante deve estar ciente de que dará passos pra trás na carreira profissional. Isso me incomoda. Por isso vou escrever um pouquinho a respeito.

A impressão que tive (posso estar redondamente enganado) é que há um sentimento geral de que o preço a pagar pela melhor qualidade de vida num país de primeiro mundo como o Canadá é aceitar que não se estará apto a competir naquele mercado de trabalho quando lá desembarcar, e portanto será preciso submeter-se a ofícios/atividades outras que aquelas para as quais você estudou e se preparou a vida inteira.

É como se houvesse uma escolha a fazer: morar no Canadá ou progredir profissionalmente.

Quero crer que as duas coisas possam ser uma só. É o que quero pra mim.

Não é que eu alimente a ilusão de que ao desembarcar nas terras geladas encontrarei um paraíso de oportunidades ao meu pleno alcance. É claro que obstáculos como a língua, o desconhecimento da cultura e dos aspectos sócio-econômicos locais, a inexistência de uma rede de relacionamentos formada etc. vão impôr grandes dificuldades na integração ao mercado de trabalho canadense.

Todavia, essas dificuldades já as identifico desde aqui. Desde já podemos trabalhar para minimizar seus efeitos - dedicação vigorosa ao estudo da língua, estudo da história e acompanhamento dos acontecimentos pelos jornais de lá, fóruns de discussão sobre temas da minha profissão por lá etc. Não é nada fácil, mas há alternativas, ações concretas para se tomar.

Enfim, espero que viver no Canadá me proporcione progresso profissional. Essa satisfação é parte importante do meu conceito de felicidade, e queremos viver felizes por lá.

4 comentários:

Daniel disse...

Esse assunto é bem relativo, depende muito da profissão e do empenho de cada um.

Os passos para trás com certeza serão necessários. Por tudo que você citou e por dificuldades em obter experiência canadense. Um diretor de empresa aqui no Braisl, por exemplo, chegará por lá com um cargo abaixo na hierarquia, mas nada impede que ele evolua novamente na profissão.

Em termos de competitividade, estamos perfeitamente aptos a competir de igual pra igual com os canadenses. Mas.. temos que validar diplomas, conseguir experiência, etc.

As duas coisas podem andar juntas, e eu sinceramente não vejo a necessidade de se trabalhar em outras profissões ou em sub-empregos. Concordo com você. A questão é que isso leva tempo...e também devemos considerar que as pessoas que imigram muitas vezes estão saturadas em suas profissões e realmente tem intenção de mudar... eas vezes ou já não se importam mais com realização profissional.

Eu, particularmente, pretendo me preparar bem. Dar os passos necessários para trás, mas com a visão lá na frente...quero me relizar também profissionalmente, seja lá o que isso signifique.

Sandro e Família disse...

Obrigado pela visita e comentario no terra de sonhos.
Quanto a sua duvida sobre a pontuacao minima no ielts, vai depender de cada caso.
No meu caso para atingir os 67 pontos necessarios para o processo precisei tirar 2 notas acima de 7 que garante a pontuacao maxima.
No momento estou curtindo o calor de 30 graus em Vancouver contando os dias para que o meu processo chegue ao final para poder vir legalmente para ca com minha familia.

Abracao

Alessandro disse...

Eu concordo plenamente. Creio que no começo, durante a fase de adaptação, podemos tre mais dificuldades.

Agora, aonde é mais fácil se realizar profissionalmente?

No Brasil, com a nossa economia minúscula e que não cresce, ou no Canadá, com uma economia pujante, e muito mais empregos?

Se dar bem no Canadá é só uma questão de esforço, e tempo. Nada vem de bandeja.

Mas as oportunidades estão lá, e são com certeza BEEEEM melhores que no Brasil.

Regiane ## disse...

Eu tenho muita vontade de morar fora do Brasil, pelas minhas pesquisas na net o Canadá prescisa ser um ótimo local, mas qual cidade é a melhor para viver com familia?