quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Mais sobre nossa viagem...

Na terça feira fomos visitar a CN Tower e ver Toronto de cima. Assim como quando vimos a cidade pela janelinha do avião, pudemos perceber o quanto há de verde por toda Toronto. Realmente é tudo bem arborizado, com lindos jardins e bastantes parques.












Como em toda metrópole, também são impressionantes os arranha-céus. Do alto da torre a gente tem uma idéia muito legal da magnitude de alguns edifícios, pois muitos que nos pareciam enormes quando vistos da calçada ficam pequeninhos ao lado de majestosos prédios do centro financeiro.
Linda também é a vista do Lago Ontario lá de cima, e a região do Harbourfront (hotéis, restaurantes, condomínios, marinas etc. que ficam à margem do lago).



Depois da almoçar na torre fomos até o Eaton Centre, Court House (Old City Hall) e o City Hall (prefeitura).


Ontem, quarta-feira, fomos a Niagara Falls. Um belo passeio. Há realmente muita coisa linda para se ver no caminho até as quedas, mas infelizmente as paradas da excursão eram poucas e muito curtas, pois um dia só é realmente pouco para aproveitar tudo o que a região oferece. As cataratas, em si, apesar de serem um cenário muito lindo, não se comparam à magnitude das de Foz de Iguaçú - mas todo a estrutura turística de Niagara é muito mais atraente e majestosa.










Esse passeio em excursão tem seus defeitos, como as constantes piadas sem graça do guia e as curtíssimas paradas, mas por outro lado é interessante pelas informações que nos dão e pelas pessoas que conhecemos no grupo. O guia falou-nos muito sobre a história do Canadá, de Ontário e de Niagara - particularmente, acho que esse tipo de informação histórica é essencial em turismo.

Logo na primeira parada da excursão conhecemos Silvia e Alberto, um casal de espanhóis recém casados que não falam inglês. Como eles tinham dificuldade de entender o que estava acontecendo, ficaram muito felizes com meu parco castellano, e dali pra frente ficamos juntos até o final do passeio.
No trajeto de ida e volta a Niagara, me chamou a atenção a quantidade de indústrias instaladas às margens da highway em Missisauga, Hamilton e Oakville. Na volta, paramos numa vinícola do Dan Arkroid (aquele ator dos Caça-Fantasmas) para degustação, mas não gostamos dos vinhos.

Voltando à história, hoje fomos à Casa Loma, uma mansão em forma de castelo construída entre 1911-1914 por um grande capitalista e industrial de Toronto, talvez o maior de sua história. Bem sucedido corretor de valores, foi o empreendedor que trouxe eletricidade a Toronto, pouco após a invenção da lâmpada. Depois criou também a companhia de geração de energia construindo a hidrelétrica em Niagara Falls que havíamos visitado. Militar de alta patente a serviço da coroa britânica, gastou grande fortuna na construção do casarão que, na sua pretensão, um dia receberia a Família Real. Infelizmente o final da história não é nada glorioso - a Família Real nunca veio, Sir Henry Pellatt ficou viúvo e foi à ruína com a estatização das empresas de eletricidade e a quebra da bolsa em 1929, tendo de abandonar o casarão e leiloar todos os bens e obras de arte que havia reunido, e morreu por fim pobre e solitário.


Depois da Casa Loma fomos almoçar em Chinatown (onde ninguém sabe o que é "Yakisoba", para desespero dos clientes do ChinaInBox) e passeamos pela Universidade de Toronto e pelos belos jardins do Palácio Legislativo de Ontario.


Nas andanças de hoje percebemos os streetcars, bondes elétricos integrados à rede de ônibus e metrô da TTC, que circulam em algumas importantes avenidas pelo centro da cidade. Mais pontos para o transporte público de Toronto!





6 comentários:

Cláudio Rodrigues disse...

Se forem aparecer em Ottawa, mostro a cidade para vocês com toda a certeza. O problema é que vão desistir de Toronto. :-) Mandem lembranças ao Gean. Abraço!

fenix disse...

Nossa, que inveja. O canadá parece ser lindo. Eu vi estes outros links Belezas do Candá e amei. Mas as fotos de vocês são incríveis.

abç e boa sorte

Anne, Samir e Gabriel disse...

Márcio!!

Que boas notícias... Excelente oportunidade de conhecer de perto e ter suas próprias visões do País. Fico feliz por vcs.. E o idioma, sentiram dificuldade [além dos sotaques, por causa das diferentes etnias]?

Beijos e aproveitem bastante,

Anne

Giselle A. Bayan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Giselle A. Bayan disse...

Olá Márcio!
Que ótima história! Sua página é mesmo extremamente útil para as pessoas que, como eu e meu namorado, estamos amadurecendo a idéia de ir viver no Canadá.
É muito bom poder fazer contato com pessoas que já iniciaram o processo de imigração.
Ainda estamos nesta fase de buscar informações e, neste sentido, sua página já nos proporcionou uma ótima bagagem inicial.
Deve ser maravilhoso estar por aí, já tomando algum conhecimento do que há por vir.
Aproveitem a viagem!
Certamente ainda faremos contato...
Abraços a vocês!
Giselle

Fabio, Valquiria e Letícia disse...

Ola,
Também vou para Mississauga, tenho muita informação de lá, se precisar me avise.
Abs.,
Fabio Cuizzi
fcuizzi@yahoo.com.br